Marcelo Santos reúne prefeitos de Cariacica e Vila Velha para melhorar trânsito

Representantes do Poder e da Federação dos Ciclistas apontam precaridade na Cinco Pontes / Foto: Bruno Fritz

Deputado e prefeitos visitaram os acessos à Ponte Florentino Avidos e vão apresentar sugestões ao Governo do Estado. Ideia é estadualizar a ponte que liga Vila Velha à Vitória  


A melhoria da mobilidade urbana, mais uma vez, foi assunto defendido pelo deputado estadual Marcelo Santos (Podemos/ES). Na manhã dessa quinta-feira (14), o parlamentar esteve reunido com os prefeitos de Vila Velha e Cariacica, além do vice-prefeito e secretário de obras de Vila Velha e da Federação de Ciclismo a fim de alinhar ações importantes que serão levadas ao Governo do Estado sobre os acessos que ligam a Cinco Pontes, marco do patrimônio histórico e ambiental urbano do Espírito Santo.  

“Para proporcionar segurança viária e melhorias na infraestrutura a todos os cidadãos, a recuperação da ponte e a melhoria dos acessos são ações importantes e, por isso, vamos cobrar recursos e investimentos do Estado”, disse Marcelo Santos, presidente da Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa (Coinfra/ES). Em seguida, o parlamentar também mencionou o perigo no trecho que faz a interligação de Cariacica e Vitória ao Museu da Vale. 

Deputado e prefeitos prometem enviar sugestões de obras de infraestrutura ao Governo / Foto: Bruno Fritz

O primeiro acesso da Ilha de Vitória ao Continente, denominado Ponte Florentino Avido, se tornou uma preocupação dos moradores, ciclistas e prefeitos dos municípios arredores. O prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo, comentou sobre a debilitação do trecho, mas disse que acredita na união e na força dos Poderes para que haja as intervenções necessárias. O vice, Victor Linhalis, complementou dizendo sobre os benefícios das obras na qualidade de vida dos cidadãos, em especial, os da Região Metropolitana da Grande Vitória. 

De igual forma, o prefeito de Cariacica, Euclério Sampaio evidenciou a mudança indispensável das condições estruturais do ponto de estrangulamento entre as três cidades. “Estamos num ponto de estrangulamento que une os municípios de Vitória, Cariacica e Vila Velha e é necessária a união das prefeituras, dos municípios, junto com o deputado Marcelo Santos, com o auxílio do governador do estado para que possamos melhorar a segurança dos nossos munícipes e também a mobilidade urbana”. 

Outra questão que fez parte do debate é a segurança dos ciclistas que trafegam as vias e a Ponte, seja para o esporte, o lazer ou como ferramenta de trabalho. O deputado Marcelo Santos ressaltou que já houve uma pré-conversa com o governador Renato Casagrande e que o mesmo garantiu estar disposto a receber mais sugestões vindas do parlamentar e dos prefeitos. 

O representante da Federação dos Ciclistas finalizou agradecendo ao deputado e aos prefeitos, “É uma luta que a gente vem constantemente anunciando na imprensa e agora eu fico muito feliz e mais, sei que essa luta aqui, esses grandes feras que vão conseguir resolver nosso problema”.

Deputado e prefeitos debateram sobre o assunto, nessa quinta-feira / Foto: Bruno Fritz

MANUTENÇÃO

Marcelo Santos também adiantou o interesse do Governador Renato Casagrande em assumir a responsabilidade pela Ponte, através do Departamento de Edificações e Rodovias (DER). “A ponte liga importantes municípios da Grande Vitória e parece que não tem dono. Ninguém quer assumir a responsabilidade de fazer a manutenção desse importante equipamento e, agora, o governador já se mostrou favorável à estadualização da primeira ponte que ligou a ilha de Vitória ao continente.”

Segurança e mobilidade urbana são assuntos defendidos pelo parlamentar. / Foto: Bruno Fritz

Assessoria de comunicação

Data de Publicação: quinta-feira, 14 de outubro de 2021

LEIA MAIS...

Marcelo Santos conquista R$ 22 milhões em saneamento para Brejetuba
Assembleia aprova projeto que garante competitividade ao comércio exterior capixaba
Marcelo Santos e Givaldo assinam Ordem de Serviço para melhorar sinalização em Jerônimo Monteiro