No Ceará, Marcelo Santos apresenta propostas para destravar obras

Marcelo Santos entrega livro sobre desburocratização nas obras públicas ao deputado Fernando Santana. / Foto: Bruno Fritz

Presidente da Comissão de Infraestrutura foi recebido pelos vice-presidentes da Fiec e Alce para entregar o livro com sugestão de pacotes que prometem agilidade nas obras públicas

Em visita à capital do Ceará, o vice-presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo (Ales), deputado Marcelo Santos (Podemos) apresentou o estudo elaborado no Espírito Santo para destravar e desburocratizar as obras públicas. No começo da manhã desta quinta-feira (16), Marcelo Santos foi recebido pelo deputado e também vice-presidente da Alce, Fernando Santana (PT).

Para expandir a análise do setor de infraestrutura, elencar entraves e apresentar uma série de sugestões com a finalidade de dar celeridade aos projetos públicos, o deputado estadual Marcelo Santos comentou que fez questão de entregar o livro pessoalmente, já que o palco de discussão são nas Casas Legislativas: “Estive visitando colegas deputados do Ceará, apresentando um trabalho construído a varios mãos, que tive a oportunidade de liderar. Agora, observando a legislação do nosso Estado e a do Ceará, poderá fazer um estudo profundo, atualizando e desburocratizando as obras públicas.” 

Não é novidade que as muitas normas e regras estaduais acabam dificultando o próprio Estado de executar determinadas obras. No livro “Desburocratização, eficiência e produtividade nas obras de infraestrutura no estado do Espírito Santo”, Marcelo Santos garante que o estudo tem como resultado as entregas efetivas no que a população precisa, incluindo métodos para impedir corrupção. Em julho desse ano, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande e a presidente da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Cris Samorini, também receberam apresentação sobre o projeto. 

O deputado estadual Marcelo Santos fez questão de destacar que essa foi a primeira viagem de muitas que fará para apresentar o trabalho com mais de 150 páginas, feito pelo Grupo de Trabalho, no qual liderou, sendo composto por representantes dos Poderes Executivo, Legislativo, órgãos de controle, setor produtivo e Procuradoria Geral do Estado. 

Deputados conversam sobre a melhoria na infraestrutura. / Foto: Bruno Fritz

O vice-presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (Alce), Fernando Santana, parabenizou o capixaba pela iniciativa do projeto. “É uma matéria atual e recorrente, porque nossas burocracias dificultam muito, principalmente, as licenças ambientais. Não queremos burlar a legislação, de forma alguma, queremos apenas que seja facilitada para executarmos com mais agilidade. Citando um exemplo daqui, nós estamos tentando realizar uma obra de infraestrutura há dois anos e, em determinados momentos, ela trava justamente por conta de todas essas regras. As pessoas nos cobram as obras, com razão, mas essa situação de burocracia, ultrapassa as nossas funções. Muito obrigado pelo estudo, deputado”. 

MERCADO 

Já no fim da tarde, o parlamentar capixaba apresentou o trabalho ao vice-presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), André Montenegro, que foi presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Ceará (Sinduscon-CE) por 6 anos.

Ao receber o livro, André Montenegro destacou a importância do projeto: “Muito importante esse trabalho. Obra paralisada gera um prejuízo econômico enorme aos cofres públicos e, consequentemente, à população. Isso é muito grave pois trava todo o desenvolvimento de uma região. Para começar isso, precisa de vontade política, é louvável essa sua atitude para mudar essa realidade.” 

Deputado entrega livro ao vice-presidente da Fiec, André Montenegro. / Foto: Bruno Fritz

Na reunião, o Diretor de Obras Públicas do Sinduscon, Marcelo Flavio Lima, também estava presente e ressaltou a nacionalidade do problema, comentando sobre um projeto de construção de uma creche que não tinha definições na relação ao nível do terreno, por conta de burocracia. “Essa sua postura mostra que há políticos que estão de olho na realidade, sem cortinas de fumaça. Isso é um assunto urgente!”, finalizou.

Marcelo Santos discute sobre destravar as obras na Federação das Indústrias do Ceará. / Foto: Bruno Fritz

 

Assessoria de comunicação

Data de Publicação: quinta-feira, 16 de setembro de 2021

LEIA MAIS...

Marcelo Santos cobra posicionamento da Petrobras para termelétrica capixaba seguir em operação
Exploração do sal-gema será importante para retomada econômica no ES pós-pandemia, dizem autoridades e especialistas
Assembleia e Câmara dos Deputados promovem debate sobre exploração de sal-gema no ES