Capital do Estado será transferida para Viana no aniversário de emancipação

Visita ao gabinete do prefeito Wanderson Bueno, em janeiro. / Foto: Bruno Fritz

A fim de prestigiar o dia do aniversário de emancipação do município de Viana, o deputado estadual Marcelo Santos (Podemos/ES) apresentou o Projeto de Lei 307/2021, na Assembleia Legislativa, para que a data fosse acrescida ao Calendário Oficial do Estado do Espírito Santo e que houvesse a transferência, simbólica, da capital do estado para a cidade. 

A data, que é comemorada no dia 23 de julho, é carregada por longas histórias e influências significativas. “São 159 anos fazendo parte do desenvolvimento capixaba, Viana hoje é a Capital Estadual da Logística e não é à toa, um lugar que abastecia o Palácio Anchieta por meio de uma fazenda agrícola, Araçatiba, e que é o berço da imigração europeia, hoje é cortada por duas importantes rodovias federais – as BR's 101 e 262 – e merece tamanha homenagem”, comentou o parlamentar. 

A eficiência das rodovias que cortam o município foi motivo da criação da lei 10.907/2018, também de autoria do deputado, que denomina o local como a “Capital Estadual da Logística”. Além disso, segundo o deputado, considerar os projetos e as obras de duplicação das BR’s 101 e 262 e da implantação da BR 447, que ligam a região, foi outro motivo que originou a criação do atual projeto de lei que visa a transferência da capital para Viana. 

Vista aérea do município de Viana. / Foto: Divulgação -  Prefeitura Municipal de Viana

“O povo vianense que tem as principais bases de sustentação na indústria e no comércio, além do cultivo de café, de banana e de gado, conta com importantes vias de transporte presentes no município para o seu desenvolvimento. É importante destacar que também corroboram, de modo expressivo, para o progresso não somente da Região Metropolitana da Grande Vitória, como de todo o nosso estado,” explicou Marcelo Santos, que também é vice-presidente da Assembleia. 

A contribuição cultural de Viana acontece, oficialmente, desde 1813, quando imigrantes alemães e italianos vieram com destino ao local para povoar a primeira estrada que ligaria Vitória ao estado de Minas Gerais, assim como amenizar a escassez de mão-de-obra agrícola. A transferência da capital já ocorre em Cariacica, Vila Velha, Anchieta e Serra. 

Assessoria de comunicação

Data de Publicação: quarta-feira, 30 de junho de 2021

LEIA MAIS...

Marcelo Santos visita Sul do ES e inaugura obras públicas
Governador sanciona lei que transfere a capital do Estado para Cariacica
Assembleia aprova projeto que transfere capital do Estado para Cariacica