Grupo goiano adquire armazéns da Terca e anuncia investimentos de R$ 65 milhões

Deputados e Prefeito de Cariacica se reuniram com o empresário, Osvaldo Zilli, e o diretor superintendente do Terca, Sidemar Acosta./ Foto: Bruno Fritz

Mesmo em tempos de pandemia, o Espírito Santo se destaca no cenário nacional e segue sendo polo atrativo de investimentos da iniciativa privada. A logística do Estado e os investimentos do Governo Federal em modais marítimo e ferroviário e a modernização da malha rodoviária capixaba através do Governo estadual estão entre os motivos da decisão do Grupo Transzilli adquirir, recentemente, o Terca Armazéns Gerais, localizado no município de Cariacica. 

“Hoje, ao lado do deputado federal Da Vitória e do prefeito Euclério Sampaio, tive a oportunidade de conhecer os planos de investimentos da empresa, junto à direção e seu novo acionista, Osvaldo Zilli. Muito bom ter essas pessoas com disposição de investir em nosso Estado, gerando riquezas, emprego e renda, contribuindo para que nossa cidade conquiste uma maior participação na partilha de ICMS e, consequentemente, na melhora da capacidade de investimento da administração municipal” comenta o deputado estadual Marcelo Santos (Podemos/ES), presidente da Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa. 

Osvaldo Zilli e Sidemar Acosta anunciam investimentos em Cariacica. / Foto: Bruno Fritz

Durante o encontro, Zilli anunciou que está sendo implantado às margens da Rodovia do Contorno (BR-101), um centro automotivo, voltado para a logística do setor, que irá entrar em operação já no próximo mês, além de uma estrutura de armazém para produtos congelados e resfriados.  

"Na Câmara Federal estou relatando o projeto que amplia de 5 para 15 anos o prazo para a concessão, por parte dos estados, de benefícios fiscais em ICMS para o setor atacadista distribuidor. É um mecanismo importante para que possamos atrair investimentos para o segmento comercial e, consequentemente, trazer mais investimentos para o Espírito Santo, gerar emprego e renda. Nos próximos dias estarei entregando o projeto relatado na Comissão de Finanças e Tributação. E saber que o Grupo está ampliando os investimentos no Estado mostra que estamos no caminho de prosperidade, mesmo no momento de dificuldade causado pela pandemia", comentou o deputado federal Da Vitória. 

A previsão do grupo é de uma geração de, aproximadamente, 100 empregos diretos, além do investimento de R$ 65 milhões durante um período de 2 anos. Com isso, empresas que atuam em outros estados., também nos armazéns da companhia, já demonstraram interesse em conhecer os incentivos fiscais do Espírito Santo e investir em solo capixaba. 

Euclério Sampaio comemora o aumento da taxa de empregos no município. / Foto: Bruno Fritz

"Mais uma boa notícia para Cariacica e para o Espírito Santo. Aqui em nosso município, nossa palavra chave é desburocratizar, fazendo com que o investidor tenha cada vez mais interesse em trazer suas empresas para nossa cidade e empregar cada vez mais os cariaciquenses", comemorou o prefeito Euclério Sampaio. 

Empreendimento 
Terca – Zilli Armazéns Gerais é um Centro Logístico e Industrial Aduaneiro. O complexo possui uma área alfandegada, armazém geral, condomínio logístico para desenvolvimento de novos projetos e o Entreposto da Zona Franca de Manaus. 

Com mais de 300 colaboradores, o Terca movimentou nos últimos três anos mais de 20 mil contêineres, mais de 72 mil automóveis e mais de 5 mil máquinas. Dos produtos importados, as maiores operações ficam com itens como vinho, gordura vegetal, medicamentos, cosméticos, produtos químicos controlados, automóveis, máquinas, vestuário, matérias prima para as indústrias.

As atividades do Grupo Transzilli têm início a partir de maio. / Foto: Bruno Fritz 

Assessoria de comunicação

Data de Publicação: segunda-feira, 26 de abril de 2021

LEIA MAIS...

Projeto cria taxa para fiscalização de atividades ligadas à mineração no ES
Marcelo Santos, governador e presidente da AMB lançam campanha “Sinal Vermelho”
Marcelo Santos quer proibir corte de água e energia durante pandemia