Novas obras de reparos na Ponte Governador Gerson Camata, uma conquista da CoinfraES

Marcelo Santos é presidente da Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa do Espírito Santo. Foto/Bruno Fritz

Após uma série de solicitações do presidente da CoinfraES, deputado Marcelo Santos, começaram hoje (02) os trabalhos de manutenção nas pistas sentido Vitória-Vila Velha do viaduto Governador Gerson Camata (Segunda Ponte)

Desde o fim de 2017, a Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa (Coinfra-ES), presidida pelo deputado Marcelo Santos, tem solicitado aos órgãos competentes reparos na Ponte Governador Gerson Camata. Foram diversas reuniões com os órgãos: Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-ES), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER), com o intuito de criar um cronograma de obras preventivas na Ponte Governador Gerson Camata, que é a principal ligação entre Vitória, Vila Velha e Cariacica. A boa notícia é que a solicitação do Colegiado tem sido atendida.

Isso porque, desde outubro do ano passado começaram uma série de medidas para restabelecer o bom funcionamento dessa importante via e hoje (02), iniciaram os trabalhos de manutenção nas pistas do viaduto Governador Gerson Camata pelo DER-ES, sentido Vitória-Vila Velha, esses serviços integram uma parte do planejamento de obras para recuperar toda a Ponte Governador Gerson Camata. O trabalho nas pistas será executado no período da noite/madrugada, das 22h às 5h, mas será mantido sempre uma das faixas.

Curiosidade

Destaca-se que a Lei nº Lei 11.040/2019, que denomina Ponte Governador Gerson Camata, o trecho de acesso à Segunda Ponte, é de autoria do deputado Marcelo Santos.

Entenda a luta da Coinfra-ES em prol de melhorias na Ponte Governador Gerson Camata, a Segunda Ponte

Ainda em 2017, a Coinfra encaminhou laudo da Segunda Ponte para o DER-ES e DNIT, solicitando intervenções em caráter de urgência, visto que o trecho que vai da subida da ponte até a descida na Estação Ferroviária em Cariacica é de competência do DNIT, ou seja, do Km 0 da BR 262 até a descida na Estação Ferroviária. Já no trecho que se estende de Vila Velha até a alça de acesso à BR 262, na Estação Ferroviária é de responsabilidade do DER-ES. O Colegiado também direcionou o laudo para o Ministério Público Federal (MPF-ES), a fim de somar empenho conjunto próximo a esses dois órgãos.

Em Dezembro de 2017, o próprio Dnit fez uma vistoria na estrutura da Ponte Gerson Camata, trecho que é de sua competência.  Os relatórios apontaram falhas e necessidades de reparos urgentes, como o ajuste das juntas de dilatação.

Já o DER-ES, em janeiro de 2018, iniciou o processo de limpeza da ponte juntamente com reparos nas juntas de dilatação e no fim desse mesmo ano, a Coinfra enviou Nota Recomendatória à Secretaria de Estado dos Transportes e Obras Públicas (SETOP) e Dnit solicitando o Plano de Vistoria Anual de todas as obras e prédios públicos, incluindo aí a Ponte Governador Gerson Camata. Na época, a SETOP respondeu à Comissão que o DER-ES mantém inspeções constantes e que reparos já haviam sido realizados na segunda ponte.

No ano 2019, a Coinfra acionou novamente o MPF-ES e realizou reunião extraordinária no Dnit, no mês de fevereiro. Durante a reunião, o diretor-geral do DER-ES, Luiz César Maretto, informou que em 2018 foram realizados reparos nas juntas de dilatação e também o serviço de limpeza da ponte. Ainda no ano passado, o órgão estava finalizando uma planilha orçamentária para manutenção e melhorias. O valor de investimento previsto era de aproximadamente R$ 8 milhões, e as ações vão de reparo das falhas até a reforma do pavimento da via. Ainda de acordo com Maretto, será iniciado até o fim de fevereiro o processo licitatório para contratação de empresa para realizar as obras.

Ainda nessa reunião, o Dnit, de acordo com o superintendente regional, Romeu Scheibe Neto, fez um levantamento para avaliar a estrutura da Ponte Governador Gerson Camata e elaborar um plano de manutenção. Esse relatório foi encaminhado para a sede do órgão, em Brasília, onde será feito o plano anual de trabalho para a ponte. Após isso, iria começar a etapa de precificação, para depois abrir o edital de contratação, ainda no primeiro semestre de 2019.

Com isso, em outubro de 2019, começaram as obras na Ponte Governador Gerson Camata, na área que é responsabilidade do DER-ES, que é uma manutenção na parte seca da ponte e deve terminar em 2020. Também começaram os reparos na parte sobre a água, que são de responsabilidade do DNIT, porém atualmente, encontram-se paralisados.

 

 

Assessoria de Comunicação

Data de Publicação: segunda-feira, 02 de março de 2020

LEIA MAIS...

Comissão de Infraestrutura fará vistorias nas principais obras do estado
Homenagem a Gerson Camata é sancionada no Palácio Anchieta
Assembleia aprova projeto que dá nome de Governador Gerson Camata trecho da Segunda Ponte