Conjunto de ações vai melhorar mobilidade urbana na Grande Vitória

 

Deputado Marcelo Santos é o presidente da Comissão de Infraestrutura / Foto: Bruno Fritz

Presidida por Marcelo Santos, Comissão de Infraestrutura da Assembleia vem apresentando sugestões para melhorar fluidez do trânsito na região metropolitana

Desafio constante da administração pública, a tão falada mobilidade urbana está na pauta da Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (CoinfraES), presidida pelo deputado estadual Marcelo Santos que, ao longo do tempo, vem contribuindo com o Poder Executivo com sugestões e estudos para melhorar a fluidez no trânsito da Grande Vitória.

“Na Comissão, temos feito, em parceria com a Abenc (Associação Brasileira de Engenharia Civil), estudos de viabilidade para implementação de diferentes modais de transporte, especialmente de massa, para desafogar ruas e avenidas, dando nova cara ao transporte público    e, com a chegada do aquaviário, por exemplo, dando mais conforto ao cidadão”, avalia o deputado.

Dentre as ações empreendidas pela CoinfraES está a luta para a estadualização da BR 262 no trecho que corta Cariacica, entre o km 0 ao 7,2, desde a cabeceira da Ponte Governador Gerson Camata (Segunda Ponte) até o Trevo da Ceasa, no entroncamento com a Rodovia do Contorno (BR 101). O deputado já provocou tanto o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) – órgão do governo federal responsável pelo trecho – quanto o governo do Estado, que passará a administrar a via através do Departamento de Edificações e Rodovias (DER).

“Já fiz a solicitação ao Dnit para estadualizar o trecho que pode se tornar a principal avenida de Cariacica, facilitando intervenções e melhorias que hoje são difíceis de acontecer já que qualquer ação depende do governo central que disponibiliza poucos recursos humanos e financeiros para nosso Estado. O que falta agora é o governador (Renato Casagrande) oficializar esse interesse junto ao Dnit para que tenhamos uma avenida com a cara da nossa cidade, com faixa exclusiva para ônibus, melhores acessos nos bairros, já que o governo do Estado tem capacidade de investimento e recursos para isso, fruto de um trabalho capitaneado pelo governador com total apoio da Assembleia”, contou o deputado.

Grande defensor do sistema aquaviário, Marcelo Santos lembra do compromisso do governo capixaba. “Ainda este ano teremos o retorno dos barcos cruzando a baía de Vitória para transportar passageiros, em um sistema totalmente reformulado, moderno e interligado ao sistema Transcol, incialmente operando entre Porto de Santana (Cariacica), Prainha (Vila Velha), Centro e Praça do Papa (Vitória), fruto de um trabalho que desenvolvemos ao longo do tempo, realizando estudos de viabilidade, possibilidades de percursos, modelos de embarcações e operações.”

Outra possibilidade ventilada pela Secretaria Estado de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi) é a implantação do modal ferroviário. “A ideia de ter o modelo ferroviário na Grande Vitória para melhorar a mobilidade urbana não é algo novo e, inclusive, já foi motivo de estudo da CoinfraES, onde verificamos a viabilidade e eficiência deste modelo e, por isso, defendo a diversificação de modelos de transporte de massa para que não sature nem as rodovias nem as linhas férreas ou a baía de Vitória”, finalizou o deputado.

Vista aérea da BR-262 em Cariacica / Foto: Bruno Fritz

 

Assessoria de Comunicação

Data de Publicação: quinta-feira, 09 de janeiro de 2020

LEIA MAIS...

Governador sanciona lei que cria cotas para negros e indígenas em concursos
Marcelo Santos conquista recursos para reforma da orla de Iriri
Assembleia vai debater desestatização da Codesa