"Precisamos planejar o futuro das cidades para garantir que elas cresçam e se desenvolvam antenadas nesse momento que o Estado vive"

Reunião da CoinfraES que debateu o desenvolvimento regional coordenado e a redução do déficit habitacional. / Foto: Bruno Fritz

Parceria entre Comissão de Infraestrutura da Assembleia e Instituto Jones dos Santos Neves vai capacitar gestores locais para aproveitar investimentos futuros

Preparar as cidades para o futuro a fim de melhor receber e aproveitar os investimentos que estão previstos, de forma coordenada e reduzindo o déficit habitacional em todo o Espírito Santo. Esse foi o tema da reunião da Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (CoinfraES) realizada na manhã desta quinta-feira (26), quando recebeu o diretor-presidente do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), Luiz Paulo Vellozo Lucas.

"Foi um debate muito positivo, com a presença do Luiz Paulo, que é uma figura importante no Estado, uma cabeça pensante, e que nos trouxe temas muito importantes como a habitação e o desenvolvimento regional coordenado. Para isso, a CoinfraES, junto com o IJSN, vai promover uma série de seminários em diversas cidades, de forma regionalizada, para discutir as potencialidades, os investimentos público e privados previstos para os próximos anos e, o mais importante: de que forma fazer com que esses recursos cheguem até à sociedade e produza melhores e bons resultados", resumiu o presidente do colegiado, o deputado estadual Marcelo Santos.

Cenário a ser revertido, o Marcelo Santos quer pegar o exemplo negativo de Presidente Kennedy para que seja espelho para o Brasil. "Presidente Kennedy é uma cidade com dinheiro, porém pobre, com poucos habitantes e poucos investimentos. Precisamos nos unir para que a cidade seja um exemplo a ser seguido no Estado brasileiro. Nós, CoinfraES e IJSN, podemos oferecer para as regiões algumas informações importantes para balizar o gestor, seja o prefeito, câmara municipal ou sociedade civil organizada, para que possam planejar o futuro das cidades para garantir que elas cresçam e se desenvolvam antenadas nesse momento que o Estado vive, com recursos em caixa", finalizou o deputado.

Na mesma linha, o presidente do IJSN acredita na união de forças para solução de problemas. "Eu defendo um tratamento integrado, multisetorial, aos problemas da ocupação desordenada e do déficit habitacional. O que nós estamos fazendo é capacitando os agentes locais para trabalhar em cima de uma agenda com informações fornecidas pelo Instituto com o apoio da Ufes (Universidade Federal do Espírito Santo) e do Ifes (Instituto Federal do Espírito Santo), para que possam elaborar uma carteira de projetos prioritários e um plano local de desenvolvimento".

Para que haja uma maior eficiência nos investimentos, Luiz Paulo defende que os gestores locais assumam o protagonismo. "Algumas dessas coisas serão feitas pelo Estado, outras pelos municípios, outras pela iniciativa privada. Assim, é preciso passar a responsabilidade de pensar o desenvolvimento regional aos líderes locais e nós vamos servir de assessoria técnica para alimentá-los com informações qualificadas, resultando em decisões possam ter qualidade e efetividade".

O diretor-presidente do IJSN, Luiz Paulo Vellozo Lucas e o presidente da CoinfraES, deputado estadual Marcelo Santos / Foto: Bruno Fritz

Assessoria de Comunicação

Data de Publicação: quinta-feira, 26 de setembro de 2019

LEIA MAIS...

DNIT autoriza obras de construção das Paralelas em Ibatiba
DNIT dá sinal verde para estadualização da BR 262 em Cariacica
Homenagem a Gerson Camata é sancionada no Palácio Anchieta