DNIT autoriza obras de construção das Paralelas em Ibatiba

 

Deputado Marcelo Santos e o prefeito de Ibatiba, Luciano Salgado. Foto/ Bruno Fritz

Convênio foi viabilizado por meio do deputado Marcelo Santos e agora recebeu aval do Departamento Nacional que administra a BR 262

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) aprovou a execução das obras de urbanização das vias conhecidas como as "Paralelas da BR 262", em Ibatiba. A obra é fruto de trabalho constante do deputado estadual Marcelo Santos que viabilizou o convênio do governo do Estado, por meio da por meio da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb) com a Prefeitura Municipal de Ibatiba.

Os serviços de implantação de drenagem, pavimentação, construção de calçadão e ciclovias que estão localizadas no município de Ibatiba, na região do Caparaó, terá um investimento no valor de cerca de R$ 2 milhões.

O deputado Marcelo Santos viabilizou aprovação do convênio. Ele citou que as obras vão contribuir para otimizar o ramo de turismo do município e beneficiar diretamente a população. “Tudo para melhorar a vida do morador de Ibatiba. A construção vai trazer melhores condições de segurança e conforto aos usuários que trafegam nas vias. Além disso, melhorando os acessos à cidade, aumenta o turismo e a geração de emprego e renda”, afirmou o deputado Marcelo Santos.

Obra terá investimento de cerca de R$ 2 milhões. Foto/ Bruno Fritz

Por se tratar de obras à beira de uma rodovia federal, a anuência do Dnit se fazia necessária. O Departamento nacional, através de ofício enviado ao prefeito Luciano Salgado, justificou a autorização das obras por conta da "demanda social que irá atender", destacando que o trecho da BR 262 que corta o município, entre os quilômetros 157 e 161, tem "característica predominantemente urbana".

 

Assessoria de Comunicação

Data de Publicação: quarta-feira, 25 de setembro de 2019

LEIA MAIS...

DNIT dá sinal verde para estadualização da BR 262 em Cariacica
Homenagem a Gerson Camata é sancionada no Palácio Anchieta
Comissão de Infraestrutura vai coordenar grupo para destravar obras no Estado